segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

SubLoco e o Fator Acochativo

Olá pessoal, tudo bem?

Ano passado como postamos aqui realizamos o início de um novo projeto, sobre a alcunha de Malditas Aeromoças e o Fator Acochativo, que reúne nós , os brothers do Aeromoças e Tenistas Russas, banda instrumental aqui de Sanca e Jovem Palerosi do Independência ou Marte. Realizamos a primeira apresentação do projeto no MACACO, tradicional festival de artes integradas que é realizado por alunos da USP e diversos colaboradores. Logo após a estreia postamos aqui como foi a nova empreitada.


Ainda no ano passado, durante os ensaios do Fator Acochativo, surgiu a idéia de um novo projeto, ampliando mais o horizonte musical dos participantes. A idéia era: o Fator Acochativo unir-se a um coletivo de rimas aqui de Sanca: o Sub Loco Coletividade. Passada a estréia do Fator, fizemos uma primeira reunião na casa do Lincoln (um Sub Loco) e tiramos as primeiras diretrizes. Marcamos um primeiro ensaio para o início de 2011 e realizamos um primeiro encontro só com a banda pra aparar as bases. Ontem nos reunirmos num primeiro ensaio com os manos do SubLoco: Lincoln, Sandro, Miguel e Marquinho. Um pequeno trecho das 4 horas enfurnadas no estúdio do Massa Coletiva estão registradas abaixo:

video

A idéia é fazer um disco cheio do projeto, ainda sem data lançamento, número de faixas, etc. Mais um projeto que promete vida longa e estralar SancaVice.

Conforme formos caminhando com a parada, postamos por essas bandas.
Vida longa ao SubLoco e o Fator Acochativo!!

Grande abraço!

Eduardo
MO!

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Pra Não Ovelhar (3)

Fala galera! Firmeza?

Continuando nossa seção de dicas pra você não ficar parado, hoje recomendamos trampos de nosso grade amigo Diogo Brunner.
Conhecemos Diogo na Universidade, cursando Ciências Sociais em Araraquara, cidade natal dele e onde o MO! se formou. Como muitos, cada qual segue seu caminho e muita vezes as descobertas, angústias são parecidas e afloradas em momentos iguais. Presumo que foi isso que aconteceu conosco e como nosso grande amigo. Utilizamos o curso/faculdade pra alavancar outros dotes e desejos que haviam em nós. Cada qual em seu caminho, com foco e amor no trampo, as conquintas são demoradas, sofridas, mas saborosas.


Diogo passeia com tranqüilidade de nitidez por vários campos da expressão: foto, contos, poemas, críticas, etc. Cinema é seu assunto e seu motor, mola de suas impressões desse mundo que tenta nos afugentar.
Dá pra conferir a produção dele em dois veículos: Ao Sul de Lugar Nenhum, seu blog pessoal, com liberdade maior e captador de sensações mundanas, angustiantes e precisas; e no site O Pensador Selvagem onde sua coluna com mesmo nome, Ao Sul de Lugar Nenhum tem um direcionamento mais específico, de cunho jornalístico e sem perder a bela essência de suas impressões.


Passeiem por essa pequena parte do mundo dele. E ele, que desculpe-nos por impressões equivocadas.

Até a próxima!

Eduardo
MO!

ps: as fotos da postagem são de Diogo Brunner.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Primeiras do ano (em imagens)

Salve galera!

Continuando o assunto, seguem algumas imagens captadas durante nosso fim de semana na estrada:

Palco CCPC (São Paulo/SP) - foto: Eduardo Rodrigues


Em ação no CCPC (São Paulo/SP) - foto: Déborah Schimidt


Perigo de morte na estrada da bela vila (Paranapiacaba/SP) - foto: Eduardo Rodrigues


Cadê o Atlântico? (Paranapiacaba/SP) - foto: Eduardo Rodrigues


Recarregando as energias (Paranapiacaba/SP) - foto: Alexandre Oshiro


Atá a próxima!

Abraço

Eduardo
MO!

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Pra começar bem!

Como estão? Firme?

Como postamos aqui recentemente, no fim de semana que passou fizemos nossas primeiras apresentações do ano. Nada melhor que duas tocadas, pra começar bem esse novo ciclo (apesar de só ter rolado uma... -daqui a pouco, explico.)


Na sexta, partimos de SancaVice com destino ao CCPC - Centro Cultural Popular Consolação - agora de endereço novo, na República. O CCPC foi o local onde fizemos nossa primeira apresentação em terras paulistana, em 2008.
A noite foi muito boa, com a presença de muitos amigos das antiga, do tempo de Araraquara nos prestigiando. Tocamos primeiro. O repertório foi basicamente o que estamos executando e que estará em nosso primeiro álbum. O show foi muito bom e a galera presente respondeu muito bem ao nosso experimetalismo psicodélico. No bis, tivemos a honrosa participação dos brothers Alex Cruz no sax e Marcinho Bononi (os dois do MamaGumbo) na percussão, recheando a música Perseguida e estreitando ainda mais nossos laços. Depois do nosso show, foi a vez do Sotádicos, banda ainda desconhecida por nós, que fez um show conciso e quente, revelando fortes influëncias de soul, reggae e rock brasileiro do século XXI. Em alguns momentos lembrava a banda lombrera-amiga Nuda, recifenses que estão prestes a lançar "A Maré Nenhuma".


Sexta findada, o sábado prometia! Em Paranapiacaba, Vila histórica no pé da Serra do Mar, localizada no município de Santo André, onde se realizaria o primeiro Festival Sub7 de Cultura Independente, organizado pelos irmãos Cecília e Alexandre Oshiro, com apoio da proprietária do SubBar, Dani Bergamini e da Fundação Santo André.
Porém, imprevistos acontecem...No sábado a tarde, um forte temporal fez ocorrer um blackout na parte baixa da Vila (onde ia acontecer o Festival) que durou 14hs. Todas as bandas estavam lá, ansiosas pra tocar; a Vila cheia, também na expectativa, mas dessa vez, não foi possível nos apresentarmos na bela localidade.


Sem problemas, imprevistos acontecem. No domingo, aproveitamos para conhecer melhor a Vila, descobrindo o primeiro campo de futebol com dimensões oficiais do Brasil, onde também se realizou também a primeira partida de futebol em campos canarinhos, já que a Vila foi habitada por ingleses que trabalhavam nas vias ferréas que descem até o litoral e caminhar pela mata até as piscinas naturais do Parque de Paranapiacaba, pra recarregar as energias.
O Festival ocorrerá novamente em breve, dessa vez melhor estruturado, gratuito e com apoio da Prefeitura de Santo André. Certeza que estaremos de novo na bela Vila que nos acolhe maravilhosamente e onde nos sentimos tão bem.


Agradecemos a todos envolvidos em nosso início de 2011. Bandas, amigos, produtores, etc..

Grande abraço!
Até breve!

Eduardo
MO!

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Primeiras de 2011

Olá a todos!

Primeiramente, um ótimo ciclo (2011) que se inicia a todos!
Com imenso prazer anunciamos nossas primeiras apresentações do ano que recentemente iniciou, com tocadas que rolam no fim de semana que se aproxima.
Na sexta, nos apresentamos no CCPC - Centro Popular Consolação - localizado atualmente na Rua General Jardim, 269 na República. A partir das 23hs, começamos o ano dividindo a noite com a banda paulistana Sotádicos. Primeira vez com os manos que contam com dois conhecidos que tocam, ou tocaram no MamaGumbo (banda camarada, também da Babilônia). Pra mudar um pouco a parceria, o Sotádicos tem vocal. Um pop-rock psicodélico com letras bastante irônicas vale pena chegar pra conhecer e apreciar o trampos dos caras.


No sábado, 8, rumamos com muita vontade e expectativa para a linda Vila de Paranapiacaba, distrito de Santo André, Grande São Paulo. Dessa vez, rola o primeiro Festival Sub7 de Cultura Independente. O evento contarã com 7 bandas e terá doze horas de duração, das 7 as 7, 19hs as 7h da matina. O evento rola no SubBar, localizado na parte baixa da Vila, propriedade de nossa recente grande amiga Dani Bergamini.
As bandas participantes (além de nós) são: Krias de Kafka, Maquiladora, Pastor Rottweiler, Olam Ein Sof, Funklub e Espamos do Braço Mecânico. O Festival nasce com pinta de se perpetuar, e pra nós é importantíssimo participar desse parir. A organização é coletiva: bandas, SubBar, encabeçada pela proporietária do SubBar e Cecília Oshiro: entusiasta, fotográfa e grande nova amiga. Pra gente será sensacional voltar a Vila, onde há menos de 2 meses, na mesma localidade, realizamos uns dos shows mais quentes de 2010.


Borá colar, e prestigiar os dois eventos!
Esperamos todos lá! Hasta!

Eduardo
MO!